top of page

Quando Deus acena para você


Deus acena para você por meio de Jesus. Muda sua história, porque dele é a glória pelos séculos dos séculos.


Vivemos tempo difícil, estruturas sociais desalinhadas, rede social humana em colapso, adoecida. Kenny Wilbert escreveu a obra “Para um mundo que está ligeiramente louco”. Eu diria que o mundo está TOTALMENTE LOUCO. Edgar Morin, ao completar cem anos, escreveu o livro: “Lições de um século de vida”, dizendo da necessidade de mudarmos de via, porque o mundo está excessivamente complicado.


Pensando a respeito, quero enfatizar o momento em que Jesus acenou para Simão Pedro. Jesus, junto ao lago de Genesaré, apertado pela multidão, avistou pescadores de dois barcos lavando redes após noite sem êxito. Adentrou o barco de Simão, exortando-o a lançar novamente as redes. Em obediência, ele as lançou! Encheram ambos os barcos, a ponto de quase irem à pique.


Você pode ter dois tipos de problemas, à sua escolha: redes vazias ou redes cheias. Problemas sempre existirão, mas você precisa mudar o nível dos seus problemas: problemas de alta qualidade. Pastores com igrejas vazias ou muito cheias. Qual você prefere? Eu prefiro solucionar problemas de alta qualidade: redes cheias.


No início do meu ministério, me deparei com o problema da igreja cheia. Para aumentar o espaço, quebramos a parede, mas ficamos sem espaço para o zelador. Problemas de alta qualidade: redes cheias. Não se iludam: todos temos problemas, embora em níveis diferentes. Em qualquer situação você precisa de Jesus.


Em primeiro lugar, sob a perspectiva do evangelho de Lucas, verificamos que Deus vê meus fracassos e minhas lutas, onde quer que eu esteja. Jesus entra no seu barco assim como entrou no de Simão (Lucas 5.3). A noite toda sem nada, mas sob sua palavra lançaram redes.


A Palavra de Deus vem ao encontro dos meus, dos seus problemas, fracassos, frustrações. O Senhor acenou para mim em meio a tudo isso. Ele lança sua Palavra em meu favor, em minha direção, ao meu coração, em todas as áreas: familiar, profissional, física, espiritual, emocional. Ele vem para o seu barco, assim como veio para o meu! Veja ele acenando para você nas suas lutas.


Em segundo lugar, Simão, diante das maravilhas de Jesus, considerou-se indigno (Lucas 5.8). Mas o Cristo o viu como Pedro, não mais Simão, agora, Pedro: nova criatura, perdoado do pecado, no poder do Messias. Jesus, na ressurreição disse: Mas ide, dizei a seus discípulos e a Pedro que ele vai adiante de vós para a Galileia; lá o vereis, como ele vos disse (Marcos 16.7). Ele não se esqueceu de Pedro e não se esquecerá de você!


Enquanto Simão puxava redes cheias, Jesus puxava Pedro de dentro de Simão, doravante pescador de homens, coluna da igreja, homem de propósitos. Simão: medo, fraqueza, rede vazia. Pedro: coragem, força, rede cheia. Deixe Deus trazer vitória na sua vida diante do seu fracasso. Ele tem propósito para você! Enquanto existir humanidade, o nome de Pedro será lembrado, lerão suas cartas: propósito. Cristo irá reescrever seu destino.


Tudo o que fizer, faça de acordo com a vontade de Deus, na força dele, para que em todas as coisas seja o Pai glorificado por meio do Filho (1 Pedro 4.11). Pedro descobriu a chave: a glória e o domínio pertencem a Deus pelos séculos dos séculos. Ele domina nossa vida, muda nossa noite de decepção. Do meu não, ele vem com o sim, por toda eternidade, agora e sempre, 2022 e mais.


Deus mudou a minha história porque acenou para mim, assim como acena para você. A ele seja o domínio, pelos séculos dos séculos. Amém! (1 Pedro 5.11).


Quem crê e recebe diga: em nome de Jesus, amém.

Sermão ministrado na 2ª Igreja Presbiteriana Independente de Londrina - PR (Filadélfia), na manhã de 06 de fevereiro de 2022. Resumo por Paulo Povedano.

25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page